16/09/13

...

eleonora by adolfo valente
[... desde que o meu coração sem sequer me avisar adquiriu este estado nunca mais vi o mundo da mesma forma. agora sofro de uma estranha enfermidade que me faz observar asas e pedras que sorriem.]