10/09/13

...

 trish
... morre-se de tanta coisa, não é?
quanto a mim morro-me
com o amor que teima em cair-me por entre os dedos, acho.