22/05/13

...

crg
[... quero apenas não lembrar-te tantas vezes, nem tantas vezes ter esta vontade de te segurar a mão e segredar-te ao ouvido qualquer coisa de irremediável e para sempre...]