18/04/13

...


diane reilly by attilio d’agostino

diane reilly by attilio d’agostino
(... as palavras abrem-se como caminhos na minha pele, e a tua voz flutua... até cair em vertigem nos meus sonhos mais luminosos...)