22/03/13

...

carlos nunez
... porque não estás aqui?, era a pergunta dela com destinatário concreto e conhecido, feita assim, ao sabor de fomes repentinas... de fulgores intensos e intermináveis pensamentos...