13/02/13

...

(... a tua voz flutua lentamente na memória... até cair em vertigem nos meus sonhos mais luminosos...)