28/05/12

...

thierry lebraly
... é a hora do infinito. temperada de um não-pensar...