30/04/12

...

... o que me consome: a espera. bordo algumas faltas... dessas que ocupam a casa... a minha rua... o meu peito. inteiro.  ... vou espreitando, em jeito de quem já esqueceu, outros rostos, mas é o teu sempre que me aparece, por dentro dos dias...num aceno...
... o que me consome: a espera. bordo algumas faltas... dessas que ocupam a casa... a minha rua... o meu peito. inteiro.
... vou espreitando, em jeito de quem já esqueceu, outros rostos, mas é sempre o teu que me aparece, por dentro dos dias... num aceno...