24/03/12

...

... à espera que um dia as palavras doam menos. e que seja mais fácil desviar o olhar... baixar o rosto e fingir que nada existe à minha volta...